TEMPOS MELHORES ESTÃO POR VIR!

“Segurança pública deve ser encarada como prioridade”, Marcelo Strama

 

Tenente coronel da Polícia Militar, Roberto Xerez com Marcelo Strama

A triste matéria de capa do jornal Folha de São Paulo, publicada no dia 31 de janeiro, e veiculada em inúmeros outros órgãos de imprensa país afora, aponta a nossa querida Itanhaém como uma das cidades mais violentas do Estado, sendo a primeira colocada em furtos e a sexta em número de homicídios.

É só comparar com outras cidades da região e se extrair com clareza que o problema é de falta de gestão municipal, vez que a região não acompanha a média de nossa cidade. Em relação ao número de assassinatos, de 2010 para 2011, houve queda em Mongaguá (-55,6%), Peruíbe (-53,8%), Santos (-28%) e Cubatão (-21%) e, infelizmente, a maior alta em Itanhaém: + 137,5%. (Fonte SSP/SP-Secretaria de Segurança Pública do Estado de SP).

A segurança pública, embora se converta em dever constitucional do Estado, é direito e responsabilidade de todos. Em uma cidade como Itanhaém, turística e com enorme potencial de crescimento econômico, a Administração Pública local, mais do que qualquer outra esfera de Poder, deve implementar ações concretas, a fim de garantir a proteção das pessoas e de seu patrimônio.

Esta realidade traz a necessidade de um posicionamento sobre a questão com vistas a se apontar caminhos para se mudar este quadro, vez que não se pode fingir que estes índices não fazem parte da vida de nossa cidade, como de costume se faz em relação a outros tantos índices sociais e econômicos que demonstram claramente a necessidade de mudanças na política local com vistas a se melhorar a qualidade de vida do nosso povo.

A violência é efeito colateral do abandono de algumas questões relevantes na administração pública de um município como: ausência de uma política de educação integral para todos; carência de planejamento familiar para a sociedade; escassez de oportunidades de trabalho para suprir as necessidades mínimas da população, falta de perspectivas e oportunidades para a juventude, dentre outras.

É necessário organizar a cidade com políticas públicas que promovam uma intervenção coordenada, envolvendo as diversas instituições de justiça e defesa social, de forma preventiva.

Trata-se de se estabelecer um projeto estruturador, que vai além de uma visão somente repressiva para se inserir novos paradigmas sobre o papel das políticas públicas na redução da criminalidade e no enfrentamento dos fenômenos sociais da violência.

Entendo como primordial:

– estruturar e fortalecer a unidade gestora da política municipal de segurança urbana para prevenir à violência e criminalidade;

– aperfeiçoar e valorizar a guarda municipal, inclusive com um plano de carreira próprio para o GCM (guarda civil municipal), além de um maior apoio às policias civil e militar;

– normatizar e fiscalizar as posturas municipais, com um conjunto de regramento claro e

– desenvolver políticas sociais (com um plano municipal anti-drogas) e políticas urbanas preventivas integradas (educação, cultura, esporte, promoção social…).

Afinal governar é estabelecer metas para segurança pública, saúde, transporte, educação, qualificação profissional, geração de emprego e renda, esporte e lazer, cultura, desenvolvimento econômico, promoção social, infra-estrutura dos bairros, meio-ambiente, turismo, modernização da administração pública… Sempre com o foco na melhoria da qualidade de vida do nosso povo. #TemposMelhores!

Marcelo Strama

PRESIDENTE DO PSB DE ITANHAÉM

Anúncios

2 Respostas para ““Segurança pública deve ser encarada como prioridade”, Marcelo Strama

  1. Otavio Demasi 02/02/2012 às 6:12 pm

    Segurança e a imagem do nucleo receptor – bem sabemos que a segurança em qualquer parte do mundo e fundamental, mais ainda numa estancia balnearia, mas o problema tem que ser atacado continuamente, pois afeta diretamente a todos, sejam moradores ou vernaistas e turistas. Vejamos uma cidade onde a criminalidade e alta, afasta os investimentos, assusta os visitantes em geral, diminui o ritmo de vendas no comercio em geral, o que gera desemprego, queda no valor dos imoveis, fechamento de negocios, redução na circulação de riqueza e dai por diante. O que se depreende que a segurança em Itanhaem e sim problema a ser atacado por toda a sociedade, num engajamento e participação as mais diversas e por toda a area municipal.
    A instalação da Guarda Civil Municipal, sistemas de monitoramento, são importantes, mas não atacam o problema na raiz, so fazem levar para a periferia, mais dificuldades, pois tais equipamentos e o grupamento fardado municipal, não pode estar em todos os recantos do municipio ao mesmo tempo.
    O presidente do PSB Marcelo Strama, pelo elencar da materia, expresa sua visão sobre o problema e atinge o objetivo quando fala em ações participativas e aplicação de politicas publicas sistemicas, visando valorizar a cidadania, a educação, a cultura, a geração de emprego. A criminalidade sera reduzida, com a melhoria educacional, cultural, profissional, tecnologico com a implementação da etica, civilidade, e programas que gerem frentes de trabalho, oportunidades de empreendedorismo, ampliação de negocios e fomentem a criatividade no municipio entre outros.
    Bibliotecas comunitarias, quadras de esportes, praças publicas, creches nos bairros -podem e devem ser geridas por cooperativas de moradores do local -espaços de convivencia, lazer nos bairros, revitalização de areas degradadas ou abandonadas, limpeza e conservação do mobiliario, jardins e outros proprios publicos via cooperativas em cada bairro, conselhos locais de desenvolvimento sustentavel.
    Tenham certeza que a seguranã e cada um de nos que fazemos, afugentando assim, drogaas, alcoolismo, marginalidade. A pior insegurança e o individuo ter certeza da sua incerteza de sobrevivencia.
    Otavio Demasi – filiado do PSD de Itanhaem

  2. Maria Moura 07/02/2012 às 3:50 am

    Ninguém melhor que o Ten. Cel. P.M. Roberto Xerez para contribuir com a população de Itanhaém, referente a estruturação e o fortalecimento à unidade gestora da política municipal de segurança pública, uma vez que tem larga experiência adquirida na área, e ainda dedicado longos anos de sua vida, de conduta ilibada, no aprimoramento de métodos de políticas públicas, visando a redução da criminalidade em todos os seus aspéctos, os quais tanto afligem a sociedade.

    “TEMPOS MELHORES” com Marcelo Strama, juntamente com o Ten. Cel. P.M. Roberto Xerez, sem dúvida alguma, privilegiam Itanhaém inteira.
    Segurança Pública: Direito e responsabilidades de todos.

    Abraços, Maria Moura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: